top of page

9 benefícios do uso de videojogos para aprender música

Aprender música é o mesmo que ler o dicionário de uma linguagem universal que nos envolve na sua magia e nos conecta através de emoções e sons. Mas, apesar de gratificante, é também uma experiência desafiadora.



Os videojogos podem ser poderosos aliados nesta jornada, tornando o processo de aprender música mais acessível e envolvente. Além das vantagens inerentes a esta ferramenta, como uma maior motivação, a estimulação de competências sociais e emocionais e a simplificação dos planos de aula, esta tem uma série de características específicas que podem aprimorar significativamente a experiência de aprender músicas.

Neste artigo, exploramos alguns desses benefícios, que podem ser colhidos dentro e fora das aulas de Educação Musical!


Quais são os benefícios de aprender música com videojogos?


1. Treino auditivo e domínio do ritmo

O treino auditivo é uma faceta fundamental da educação musical. Videojogos musicais exigem que os estudantes ouçam, identifiquem e reproduzam notas, acordes e melodias apenas pelo ouvido. Essa prática contínua no contexto de um jogo melhora a capacidade dos estudantes de reconhecer elementos musicais de forma mais precisa e rápida.

Outra habilidade essencial na música é o domínio do ritmo. Muitos videojogos musicais concentram-se especificamente nessa área, ajudando o aluno a desenvolver um forte sentido de tempo e batida. Ao sincronizar as suas ações com os ritmos da música no jogo, os jogadores aprimoram habilidades rítmicas, uma base crítica para qualquer músico.

De acordo com um estudo publicado em 2016, o nível de aptidão auditiva em jogadores de videojogos musicais é maior do que naqueles que não jogam. Coloca-se, assim, a possibilidade de esta ferramenta ser uma boa alternativa para aqueles que não têm tempo, motivação ou meios financeiros para aprender um instrumento musical.


2. Memória musical mais forte

Da memorização de partituras à recordação de sequências musicais complexas, a memória desempenha um papel crucial na aprendizagem de música. Videojogos musicais envolvem, muitas vezes, a repetição de padrões musicais, o que ajuda a reforçar a memória musical dos estudantes. Isto traduz-se em melhorias na memorização de músicas e na retenção de elementos musicais.


3. Aprendizagem multissensorial

A aprendizagem musical é mais eficaz quando envolve vários sentidos. Muitos videojogos musicais combinam elementos visuais (gráficos do jogo), auditivos (música e sons) e, em alguns casos, até táteis (através de controladores ou telas sensíveis ao toque). Essa abordagem multissensorial enriquece a compreensão musical e cria uma experiência de aprendizagem mais profunda e envolvente.


4. Expressão criativa

A música é uma forma poderosa de expressão e alguns videojogos musicais permitem que os estudantes explorem a sua criatividade. O aluno pode compor músicas, criar arranjos e experimentar com diferentes estilos musicais, melhorando não só as suas aptidões musicais, mas incentivando também a expressão pessoal e a exploração musical. Aliás, já existem estudos que comprovam a ligação entre videojogos e a promoção da criatividade e da ligação emocional na aprendizagem de música.


5. Familiarização com instrumentos

Para quem está a aprender a tocar um instrumento musical, videojogos relacionados com instrumentos específicos podem ser uma dádiva. Estas ferramentas oferecem um ambiente seguro para praticar aptidões instrumentais, permitindo a familiarização com técnicas específicas, como o sopro da flauta.


Captura de ecrã do jogo gratuito "Sala de Música", desenvolvido pela Kendir Studios.
Jogo: Sala de Música | Kendir Studios

6. Compreensão da teoria musical

A teoria musical é o alicerce da compreensão musical profunda. Alguns videojogos musicais ensinam conceitos fundamentais de teoria musical, como escalas, acordes e intervalos, de forma envolvente e prática. Isso ajuda os estudantes a conectarem a teoria musical com a prática, transformando conceitos abstratos em algo tangível e prático.


7. Tocar em conjunto

A experiência de tocar em conjunto com outros músicos é uma parte integral da aprendizagem de música, mas nem sempre é fácil de alcançar. No entanto, alguns videojogos musicais simulam essa experiência e permitem que os estudantes toquem em conjunto, coordenando as suas contribuições musicais numa experiência que promove a colaboração entre pares e ajuda a desenvolver a compreensão de como diferentes partes musicais se encaixam.


8. Aprendizagem acessível e divertida

Aprender música pode ser intimidante, especialmente para iniciantes. No entanto, muitos videojogos musicais são projetados para serem acessíveis, mesmo para aqueles que estão só a começar a explorar o mundo da música, ao fornecerem um ambiente de aprendizagem sem pressão, onde os estudantes podem progredir ao seu próprio ritmo e ganhar confiança nas suas habilidades musicais.

Além disso, a diversão inerente aos videojogos é um fator que não pode ser ignorado. Aprender música através desta ferramenta é uma experiência que os estudantes muitas vezes consideram mais divertida do que métodos tradicionais. A motivação intrínseca proporcionada pela diversão torna a prática musical mais consistente e prazerosa. Jogos com as características certas permitem captar o interesse dos alunos e encorajá-los a aprender sem sequer perceberem que estão a aprender conceitos abstratos ou “difíceis”.


Captura de ecrã do jogo "Sala de Música", desenvolvido pela Kendir Studios.
Jogo: Sala de Música | Kendir Studios

9. Simulação realista

Alguns videojogos musicais avançados oferecem uma simulação altamente realista de tocar um instrumento ou de executar ações musicais específicas. Isto não só melhora aptidões práticas, como também ajuda os estudantes a preparem-se para enfrentar situações musicais da aprendizagem real.

Por outro lado, videojogos musicais que incorporam elementos de desempenho, como tocar para uma audiência virtual, ajudam os estudantes a superar o nervosismo de palco e a ganhar confiança nas suas habilidades de execução.



Em suma, a utilização de videojogos como ferramenta acessória à educação musical oferece uma abordagem altamente envolvente para o desenvolvimento musical. Os benefícios incluem o aprimoramento do ritmo, treino auditivo, memória musical, desenvolvimento da criatividade e autoexpressão, entre outros. Independentemente do nível de aptitude musical, os videojogos podem enriquecer significativamente a jornada de aprendizagem, tornando-a mais acessível, prática e, acima de tudo, divertida.

Se o uso de videojogos na aprendizagem de música lhe suscitou o interesse, a Kendir Studios sugere-lhe experimentar a nossa Sala de Música, uma ferramenta totalmente gratuita.



Fontes:

  1. Pasinski, A. C., Hannon, E. E., & Snyder, J. S. (2016). How musical are music video game players?. Psychonomic bulletin & review, 23, 1553-1558.

  2. Wang, Y. H. (2021). Exploring the effects of using various designs of game-based materials on music learning. Interactive Learning Environments, 1-15.

43 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page