top of page

Estudar Matemática com jogos educativos: Benefícios que transformam a aprendizagem

A Matemática é frequentemente encarada como um obstáculo no percurso académico dos estudantes. Métodos de ensino convencionais, caracterizados pela memorização e pela resolução de problemas numa folha de papel onde a aplicação na vida real nem sempre se revela óbvia, contribuíram para a perceção generalizada de que esta é uma disciplina desafiante, causadora de frustração e ansiedade.

Contudo, este não é um problema sem solução. A aprendizagem baseada em jogos tem surgido como uma estratégia dinâmica e eficaz para revolucionar a aprendizagem e o estudo autónomo de Matemática. A seguir, aprofundamos alguns benefícios do uso de jogos educativos de Matemática, explorando como esta se pode tornar numa disciplina prazerosa e divertida – e merecedora de boas notas!



7 benefícios dos jogos educativos de Matemática

1. Redução da Ansiedade Matemática

A ansiedade em relação à Matemática é um problema generalizado entre os alunos, que resulta em atitudes negativas e desempenho reduzido em relação a esta disciplina. Uma abordagem que gamifique a aprendizagem é uma arma contra esta preocupação. Ao transformar problemas matemáticos em desafios lúdicos, os jogos reduzem gradualmente a Ansiedade Matemática, fazendo com que o aluno perceba os conteúdos como menos intimidantes. Em vez de uma montanha que necessita de ser escalada, a Matemática pode ser uma aventura emocionante os estudantes podem embarcar.


Captura de ecrã do jogo Astronometria, contido no Módulo 2 de Matemática
Jogo: Astronometria | Módulo 2 de Matemática | Kendir Studios

2. Aumento da motivação e do interesse

Na sua forma tradicional, a Matemática falha muitas vezes em despertar a curiosidade e o entusiasmo dos estudantes. Já os jogos educativos possuem um poder único: tornam os conteúdos escolares genuinamente interessantes! Com elementos interativos e envolventes, desafios, recompensas e narrativas que despertam uma ligação emocional, a abordagem gamificada pode motivar os alunos a explorar os conceitos matemáticos com entusiasmo.


3. Melhor aquisição e retenção de conhecimento

Do ensino Primário ao Secundário, são vários os estudos que demonstram o potencial da aprendizagem baseada em jogos na aquisição e retenção de conhecimentos matemáticos. Os jogos ajudam os alunos a construir conceitos de formas que os métodos de ensino tradicional não conseguem, nomeadamente, através da aplicação dos mesmos na vida real.


4. Domínio afetivo positivo

O termo “domínio afetivo” refere-se ao aspeto emocional e atitudinal da aprendizagem. A promoção de um domínio afetivo positivo é essencial para o sucesso escolar dos alunos, e está comprovado que o uso de jogos educativos é uma forma de o fazer, principalmente numa disciplina como a Matemática. Ao fomentar a motivação, o envolvimento e atitudes positivas, os jogos criam um ambiente de aprendizagem mais confortável, o que encoraja os alunos a participar mais ativamente no processo.


Captura de ecrã de uma tabela de pontuação
Tabela de Pontuação apresentada nos Módulos | Kendir Studios

5. Incentivo à resolução de problemas

Jogos com componentes educativas têm demonstrado resultados notáveis no ensino de conceitos mais complexos e no desenvolvimento das capacidades de resolução de problemas dos alunos. Um videojogo narrativo pode, por exemplo, colocar o jogador num mundo fantástico onde este supera desafios com os conceitos matemáticos que aprendeu. Esta é uma abordagem altamente eficaz, pois motiva os alunos a aplicar o seu conhecimento em cenários práticos, numa busca pela próxima medalha, recompensa ou por mais um capítulo da história.


6. Aplicação no mundo real

Uma das grandes críticas dirigidas ao ensino tradicional de Matemática é a sua falta de aplicação no mundo real. Os jogos preenchem essa lacuna ao demonstrar como os conceitos matemáticos são usados em cenários práticos – coisas tão simples como um lenhador que corta troncos para representar as frações. Assim, os alunos podem ver como a Matemática é relevante no quotidiano, transformando ideias abstratas em competências práticas e ajudando os alunos a compreender a importância da disciplina.


Captura de ecrã do jogo "Lenhador" do Módulo 1 de Matemática
Jogo: Lenhador | Módulo 1 de Matemática | Kendir Studios

7. Reforço de conceitos

Na Matemática, a compreensão e a mestria de um conceito são fenómenos distintos. A aprendizagem baseada em jogos destaca-se pelo reforço consistente desses conceitos. Através da repetição e aplicação em vários cenários, os alunos podem solidificar a sua compreensão de conteúdos que vão do cálculo à geometria, passando pelo tratamento de dados. Assim, esta ferramenta serve como um espaço virtual onde o estudante pode praticar e explorar.


Da promoção de atitudes positivas à aplicação dos conceitos no mundo real, os benefícios da aprendizagem baseada em jogos tornam esta abordagem numa alternativa revolucionária para o ensino de Matemática que supera muitos dos desafios associados aos métodos tradicionais. Através de experiências imersivas, esta ferramenta pode transformar as aulas de Matemática numa aventura de descoberta!


Fontes:

  1. Ahmad, W. F. B. W., Shafie, A. B., & Latif, M. H. A. B. A. (2010). Role-playing game-based learning in mathematics. Electronic Journal of Mathematics & Technology, 4(2), 184-196.

  2. Hussein, M. H., Ow, S. H., Elaish, M. M., & Jensen, E. O. (2022). Digital game-based learning in K-12 mathematics education: a systematic literature review. Education and Information Technologies, 1-33.

  3. Vankúš, P. (2021). Influence of game-based learning in mathematics education on students’ affective domain: A systematic review. Mathematics, 9(9), 986.

39 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Hozzászólások


bottom of page