top of page

Afinal, o que é a aprendizagem baseada em jogos?

A aprendizagem baseada em jogos é uma metodologia educativa que transforma a forma como os alunos adquirem conhecimento. Ao integrar a gamificação – isto é, a dinâmica de jogo – no processo de aprendizagem, esta abordagem proporciona um ambiente estimulante para explorar conteúdos académicos.


Capa do artigo

De forma resumida, a aprendizagem baseada em jogos utiliza elementos aos quais o ensino convencional nem sempre recorre. Ferramentas como o desafio, a narrativa imersiva, a missão e a recompensa podem tornar a educação mais interativa e interessante, promovendo a absorção de conhecimentos de forma mais natural e divertida.


Os principais benefícios

Os jogos desenhados para a educação variam em formatos que vão das plataformas digitais a jogos de tabuleiro, exercícios práticos, simulações e aplicações móveis. Por exemplo, um jogo de Matemática pode ensinar conceitos complexos por meio de quebra-cabeças, desafios de lógica ou problemas de cálculo.

Além de tornar o processo de aprendizagem mais envolvente, a aprendizagem baseada em jogos promove uma compreensão mais profunda do conteúdo, ao estimular o raciocínio crítico e o desenvolvimento de competências sociais, criatividade e autonomia nos alunos.

São vários os benefícios que tornam a aprendizagem baseada em jogos numa verdadeira alternativa ao ensino tradicional:

  1. Personalização do ensino ao estudante;

  2. Estimulação de competências sociais e emocionais;

  3. Educação mais cativante;

  4. Criação de um ambiente seguro e encorajador que alimenta a autoconfiança;

  5. Aprendizagem mais eficiente;

  6. Aplicação dos conhecimentos em contexto real (particularmente vantajoso na Matemática).


Captura de ecrão do jogo "Lenhador" do Módulo 1 de Matemática
Jogo: Lenhador - Módulo 1 de Matemática. Neste caso, a representação de frações é aplicada à simulação de cortar madeira.

Como incorporar a aprendizagem baseada em jogos?

Na escola, o professor pode gamificar o seu método de ensino ao desenvolver atividades práticas na sala de aula, que podem incluir a implementação de videojogos ou jogos de tabuleiro, a realização de competições e a utilização de aplicações e programas interativos que complementam os currículos académicos.

A aprendizagem baseada em jogos pode ser perfeitamente integrada nos métodos de ensino tradicionais – por exemplo, usando o jogo como forma de revisão de conteúdos já aprendidos. Adicionalmente, a ciência mostra que os estudantes apreciam mais a utilização do jogo como trabalho de casa do que uma revisão de conteúdos tradicional.

Na escolha dos jogos a utilizar, o docente dever ter em conta as temáticas abordadas pelo jogo, a faixa etária dos alunos e o nível de conhecimento do tópico dentro da turma. Investigadores sugerem ainda a colaboração entre professores na criação de estratégias de gamificação e a partilha de experiências.

Já no estudo em casa, os alunos têm a liberdade de utilizar inúmeros recursos. A internet é um mundo de aplicações educativas específicas para reforço de conhecimentos, como jogos que envolvam a lógica ou insiram os conteúdos numa narrativa.


Em suma, a aprendizagem baseada em jogos é uma abordagem dinâmica que enriquece o percurso académico dos alunos. Ao proporcionar uma aprendizagem prática, interativa e personalizada, esta metodologia visa fortalecer a compreensão e o interesse dos alunos, oferecendo uma abordagem eficiente e extremamente prazerosa para a educação.


Fontes:

  1. Offenholley, K. H. (2012). Gaming your mathematics course: The theory and practice of games for learning. Journal of Humanistic Mathematics, 2(2), 79-92.

  2. Кайрат, Н. (2020, June). Analyzing the method game-based learning. In Proceedings of International Young Scholars Workshop (Vol. 9).






41 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page